Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Igaraçu do Tietê e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Igaraçu do Tietê
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
22
22 MAR 2021
DIREITOS HUMANOS
22 de março - Dia Mundial da Água
enviar para um amigo
receba notícias

O Dia Mundial da Água, comemorado nesta segunda-feira (22/3), serve de alerta sobre os impactos da ação humana sobre os rios e a necessidade de preservação. Combater a poluição e os desmatamentos, que têm forte impacto nos recursos hídricos, é um consenso entre especialistas, que chamam a atenção para o fato de que uma população saudável também precisa ter acesso ao saneamento básico.
De acordo com dados da Agência Nacional de Águas (ANA), 38,6% dos esgotos produzidos no Brasil não eram tratados, em 2017, e, muito menos, coletados. Os que eram recolhidos e eram jogados nos recursos hídricos sem tratamento: cerca de 18,8%. O restante era coletado e tratado antes de serem rejeitados aos mananciais, cerca de 42,6%.
A meta da universalização do esgotamento sanitário e na proteção dos recursos hídricos, assim como o seu uso sustentável, segundo o Atlas Esgoto, projeto da ANA em parceria com a Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental, demanda R$ 149,5 bilhões em investimentos até 2035.
Devido à pandemia, muitos trabalhadores que dependem dos recursos hídricos precisaram interromper as atividades devido às medidas restritivas de combate à covid-19. Porém, muitos deles lutam, diariamente, pela preservação da sua principal forma de renda.

 

PROJETO UM SÓ PLANETA
Água nossa de cada dia. Um recurso essencial à vida, mas distribuído de forma desigual pelo Planeta. Assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água e saneamento para todos é um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU para 2030. O Brasil ainda tem muito a fazer para cumprir essa agenda. Ter acesso à água limpa e abundante é essencial para combater a pobreza, garantir saúde íntegra e vida digna, sustentar o crescimento econômico e um meio ambiente equilibrado.
Nesta segunda-feira (22), Dia Mundial da Água, o projeto Um Só Planeta realizará uma live especial para discutir uma missão comum: como garantir água em qualidade e quantidade para as presentes e futuras gerações? Quais os caminhos para atingir a universalização do saneamento básico e ainda desvelar novas oportunidades de negócios? Quais os desafios que o Brasil precisa superar na gestão hídrica? E, claro, o papel de cada um — cidadão, poder público, empresas e terceiro setor — na preservação desse recurso precioso. Para acompanhar basta clicar no link https://epocanegocios.globo.com/Um-So-Planeta/

 

COMO VOCÊ, CIDADÃO, PODE CONTRIBUIR?
Mudanças simples de hábitos são fundamentais para o futuro da água. Confira as dicas a seguir.

1. Cronometre o banho

Um banho de 15 minutos pode gastar até135 litros de água. Se você reduzir o tempo embaixo do chuveiro para 5 minutos, apenas 45 litros são utilizados. Portanto, o ideal é optar por banhos rápidos, que durem o tempo necessário para fazer a higienização do corpo. Além disso, para potencializar a economia, desligue o chuveiro ao lavar o cabelo e ao se ensaboar.

2. Desligue a torneira ao escovar os dentes

As torneiras também são grandes responsáveis pelo desperdício. Escovar os dentes e lavar o rosto e as mãos com a torneira aberta pode representar um gasto de 12 litros de água. Por isso, feche-as bem sempre que não estiver usando a água.

3. Ensaboe todas as louças de uma só vez

Antes de lavar a louça, retire os restos de comida com o apoio de um guardanapo ou toalha de papel e ensaboe todas de uma só vez, com a torneira fechada. Depois, faça o enxágue. Outra dica é lavar os utensílios menos engordurados primeiro. Assim, a gordura não se espalha para os outros itens.

4. Limite o uso da máquina de lavar

O ideal é usar a máquina sempre cheia e em ciclos completos de lavagem. Para isso, acumule mais roupas para lavar tudo de uma vez. Alguns eletrodomésticos mais modernos também oferecem um modo econômico, que gasta até 30% menos água e energia.

5. Reaproveite a água da máquina de lavar

A água utilizada na máquina de lavar costuma ser descartada pelo ralo. No entanto, por conter apenas resíduos de sabão, na maioria dos casos, ela pode ser reaproveitada e servir para lavar pisos, lavar o quintal e até regar plantas. Caso precise guardar essa água por alguns dias, o ideal é utilizar um pouco de cloro para evitar a proliferação de micro-organismos que causam mau cheiro.

6. Não lave calçadas com mangueira

Lavar a calçada com mangueira é uma atitude pouco consciente e pode representar um gasto de 120 litros de água. Em Fortaleza, por exemplo, existe multa para quem faz uso contínuo de água nessa atividade. Portanto, prefira usar a vassoura para limpar o quintal e a calçada.

7. Implemente a descarga com válvula de duplo acionamento

Usar sempre a mesma quantidade de água na descarga é desperdício. Já existem sistemas desenvolvidos para liberar água na bacia sanitária de acordo com a necessidade. A válvula de duplo acionamento pode ser instalada tanto em descargas de parede quanto em caixas acopladas.

8. Verifique e corrija quaisquer vazamentos

Infiltrações e vazamentos podem acontecer sem que você perceba e representar um elevado desperdício de água – além de dar um susto na conta que chega no final do mês. Goteiras e manchas na parede são indícios que aparecem quando problemas maiores já se instalaram há mais tempo. Outros sinais são mofo, pintura com bolhas, pintura com aspecto umedecido e bolor. Nesses casos, o ideal é buscar ajuda especializada.

9. Feche bem as torneiras

Torneira vazando é fácil de perceber e pode desperdiçar até 40 litros de água por dia. Se perceber esse problema, é fundamental realizar a troca ou o conserto. Se a resolução for demorar alguns dias, não deixe de recolher a água para que seja possível reutilizá-la.

10. Lave o carro com baldes

Não use a mangueira para lavar o carro — opte por baldes, que evitam o desperdício. Outra forma de economizar é a ecolavagem, que deixa o veículo limpo e protegido com menos de um litro de água. Basta ter dois panos de microfibra, um shampoo especial para lavagem e um borrifador com 400 ml de água.

 

Seta
Versão do Sistema: 3.2.7 - 04/10/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia